Empresas expandem de forma inorgânica no Brasil

Em um cenário econômico brasileiro atípico, Paulo Cury, sócio da Condere, observa um movimento diferenciado no mercado brasileiro: empresas estão optando por expandir suas operações de forma inorgânica, com a compra de outros ativos do mercado.

O caso mais recente, que dominou os noticiários do final do dia de ontem, é a Livraria Cultura comprando a Fnac. No entanto, se recapitularmos os últimos meses, temos muitos outros exemplos: Banco Itaú comprou a XP Investimentos, Natura comprou a varejista Body Shop e Itausa comprou Alpargatas.

Para falar sobre o tema, entender porque as empresas brasileiras vêm fazendo este movimento de expansão inorgânica e explicar quando é um bom momento para se considerar uma compra ou venda no cenário atual, Paulo Cury, sócio da Condere, está à disposição, com propriedade e experiência para trazer uma análise sólida e aplicada ao cenário real dos empresários brasileiros, bem como falar sobre tendências de mercado e a conjuntura dos investimentos, fusões e aquisições no Brasil.

 

Fonte: http://www.segs.com.br/demais/73805-empresas-expandem-de-forma-inorganica-no-brasil.html

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s